Facebook

O PRÊMIO

Consolidado como um dos principais eventos pedagógicos ambientais do Paraná, o Prêmio Seara Estudante foi fruto de uma iniciativa pioneira, inspirada na Eco 92, um dos mais importantes eventos sobre sustentabilidade no Planeta. O encontro, realizado no Rio de Janeiro em 1992, motivou a Seara a efetivar, já em 1993, o Prêmio na cidade de Sertanópolis (PR).

O projeto, criado há 20 anos, vem comemorando resultados efetivos em favor da consciência ambiental e do respeito à natureza. O eixo "Sustentabilidade Ambiental" é adotado como metodologia do Prêmio Seara, levando os alunos a refletirem e entenderem o meio em que vivem, além de desenvolverem formas efetivas de cooperar para a construção de um ambiente melhor.

Em 2013, o Prêmio chegou a sua 4ª edição, terceira como evento anual, e atingiu a marca de 10 mil alunos participantes de 13 cidades do norte do Paraná. Em 2014, chegar ao noroeste do estado. O Prêmio Seara estudante é promovido pela Seara Agropecuária – uma empresa privada, com sede em Sertanópolis, que se orgulha de ser 100% brasileira – e os custos diretamente envolvidos recebem o suporte de seus idealizadores e empresas parceiras, incluindo a viagem cultural para os alunos finalistas, os prêmios e os materiais pedagógicos. Os resultados mostraram que o caminho da educação ambiental pode produzir grandes transformações em prol de nosso país e do planeta.

Sertanópolis
Seara - Cuide do planeta.
Industrias Seara.

EDIÇÕES ANTERIORES

1993
A primeira edição do Prêmio Seara Estudante foi inspirada na Eco 92, o encontro sobre meio ambiente mais importante realizado até então. Ciente de sua responsabilidade com o meio ambiente e com a comunidade em que atua, a Seara Agropecuária decidiu criar o Prêmio em 1993 com o tema "Faça de seu lixo um objeto de arte".

A iniciativa foi resultado de um trabalho desenvolvido em parceria com o Consórcio Intermunicipal de Proteção da Bacia do Rio Tibagi (COPATI). O concurso incentivou alunos de 3ª e 4ª séries das Escolas Públicas de Sertanópolis a confeccionarem objetos e maquetes utilizando materiais recicláveis como matéria prima e a elaborar uma redação explicando a concepção do projeto e seus benefícios ao meio ambiente.
2011
O Prêmio Seara Estudante foi retomado em 2011 e teve participantes de cinco cidades, num total de 1.500 alunos. O primeiro lugar foi para a Escola Municipal Luiz Deliberador, de Sertanópolis, que venceu com o projeto Dominó Gigante, confeccionado com capas plásticas de vídeo VHS.

Nessa segunda edição, as 60 crianças finalistas foram, juntamente com professores e diretores, a Curitiba. Na capital do Paraná, os alunos puderam conferir o Museu Oscar Niemeyer, o Jardim Botânico, dentre outros pontos famosos. Além disso, fizeram o passeio de trem até Antonina, no litoral, podendo contemplar a exuberância da Mata Atlântica, com suas cachoeiras e árvores centenárias.
2012
Participaram da terceira edição do Prêmio Seara Estudante 2.500 alunos de dez cidades do norte do Paraná. A Escola Municipal Parigot de Souza, de Bela Vista do Paraíso, foi a primeira colocada com o projeto Jogo na Mala, uma versão moderna do conhecido Jogo da Velha.

Com a premiação de R$ 30 mil recebida pela escola, foi possível realizar o sonho de construir para os alunos uma biblioteca, que também conta com recursos audiovisuais. Em 2012, a viagem dos estudantes que chegaram à seletiva final foi para Foz do Iguaçu, um dos maiores pontos turísticos do planeta. Lá puderam conhecer as Cataratas do Iguaçu, o Parque das Aves, o Marco das Três Fronteiras (entre Brasil, Argentina e Paraguai) e a Usina de Itaipu.
2013
A quarta edição do Prêmio Seara Estudante teve como tema "Reciclando na Escola", com o objetivo de despertar uma reflexão sobre geração, reciclagem e reaproveitamento de resíduos no ambiente escolar. Participaram 4.604 alunos e 264 professores de 141 escolas, formando 1.569 equipes de 13 cidades paranaenses. Desses, 135 alunos e 45 professores chegaram à fase final e puderam participar de uma viagem de conhecimento ao Sítio do Carroção (SP) – o maior resort cultural da América Latina.

Em prêmios, foram distribuídos às equipes vencedoras R$ 54 mil, um notebook e dois tablets, além de uma viagem aos estúdios da Rede Massa, em São Paulo, para os primeiros colocados. Vencedora, a Escola Municipal Santos Dumont, de Cambé, recebeu R$ 34 mil para investir em programas pedagógicos. A Escola Municipal Eurides Cunha, de Londrina, e a Escola Municipal Santo Tomás de Aquino, de Sertanópolis, foram segunda e terceira colocadas, respectivamente.
2014

O Prêmio Estudante Seara Rede Massa teve, em sua quinta edição, a adesão de mais um município: Maringá.

A Cidade Canção passou a fazer parte do projeto, consolidando a chegada do Prêmio à região noroeste do Paraná. Com o tema COPA DA RECICLAGEM, o intuito foi incentivar alunos e professores a desenvolver trabalhos que integrassem a preservação ambiental e a prática de atividades físicas. No total, participaram 132 escolas, 4641 alunos e 235 professores de 13 municípios.

Com a apresentação de um Caiaque ecológico, todo construído a partir de resíduos recicláveis, a escola Rotary Clube de Ibiporã ficou com o primeiro lugar, recebendo o Prêmio de R$ 38.000,00 reais, que aplicou na ambientalização e revitalização do pátio escolar. O segundo lugar e terceiro ficaram para a Escola Desembargador Clotário Portugal de Arapongas e Escola Ignez Corso Andreazza de Londrina.

2015
O Prêmio Estudante Seara Rede Massa chegou à sua sexta edição com o tema “Planeta, como vai você? Uma reflexão sobre o papel de cada um de nós para a preservação da natureza”.

Em 2015, os alunos e professores contaram com uma novidade: no lugar de objetos, foram confeccionados quadros e os alunos escreveram uma poesia em vez da redação.

Com a participação de 13 municípios, foram apresentados cerca de 1.500 projetos, com mais de 4.000 estudantes e professores envolvidos. Ao todo, foram selecionados 51 quadros de 120 escolas.Confira como foi!

2016

O Prêmio Estudante Seara Rede Massa chega, em 2016, à sua sétima edição sedimentado como um dos principais eventos pedagógicos e ambientais do Paraná. Fruto de uma iniciativa pioneira no Estado, cujos primeiros passos foram dados em 1993 - na esteira da Rio-92, um dos mais importantes eventos sobre sustentabilidade no Planeta -, o Prêmio mantém a convicção de que o investimento na Educação é indispensável para a criação de um país mais desenvolvido social, cultural e economicamente.



A metodologia do Prêmio baseia-se na adoção do eixo “Sustentabilidade Ambiental” como ponto de partida para uma reflexão que visa levar os alunos a entenderem melhor o meio em que vivem e a desenvolverem formas efetivas de cooperar para sua melhoria e desenvolvimento.

PREMIAÇÃO

Icone Estudante

ESTUDANTE

  • 1° LUGAR NOTEBOOK
  • 2° LUGAR TABLET 10"
  • 3° LUGAR TABLET 7"
Icone Professor

PROFESSOR

  • 1° LUGAR R$ 12.000,00
  • 2° LUGAR R$ 4.000,00
  • 3° LUGAR R$ 2.000,00
Icone Professor

ESCOLA

  • 1° LUGAR R$ 40.000,00
  • 2° LUGAR R$ 5.000,00
  • 3° LUGAR R$ 3.000,00

REGULAMENTO

APRESENTAÇÃO

O Prêmio Estudante Seara Rede Massa chega, em 2016, à sua sétima edição sedimentado como um dos principais eventos pedagógicos e ambientais do Paraná. Fruto de uma iniciativa pioneira no Estado, cujos primeiros passos foram dados em 1993 - na esteira da Rio-92, um dos mais importantes eventos sobre sustentabilidade no Planeta -, o Prêmio mantém a convicção de que o investimento na Educação é indispensável para a criação de um país mais desenvolvido social, cultural e economicamente.

A metodologia do Prêmio baseia-se na adoção do eixo “Sustentabilidade Ambiental” como ponto de partida para uma reflexão que visa levar os alunos a entenderem melhor o meio em que vivem e a desenvolverem formas efetivas de cooperar para sua melhoria e desenvolvimento.

Em 2016, com o tema Água - Um Bem Precioso, visa estimular os estudantes a analisarem e pensarem sobre várias questões relacionadas à água. Mais que o pensar, a proposta desse ano pretende fomentar a discussão com o intuito de fazer os envolvidos refletirem sobre seu interesse e atitude em relação ao meio ambiente, enfatizando aspectos ligados ao uso racional da água. Além disto, o projeto objetiva apontar como as ações nocivas do homem sobre a natureza estão nos prejudicando, especialmente no que se refere à água.

O Prêmio Estudante Seara Rede Massa é promovido pela Seara Agropecuária – uma empresa privada, com sede em Sertanópolis, que se orgulha de ser 100% brasileira – em parceria com a Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná. Os custos diretamente envolvidos recebem o suporte de seus idealizadores e empresas parceiras, incluindo a viagem cultural para os alunos finalistas e os materiais pedagógicos.

Com esse projeto, queremos convidar seu município a participar mais uma vez do Prêmio Estudante Seara Rede Massa e levar às crianças essa oportunidade de aprender brincando.

Sejam Bem-Vindos ao Prêmio Estudante Seara Rede Massa 2016!


I - TEMA:

Artigo 1º O tema desse concurso é: “Água - Um Bem Precioso”. A ideia é promover a criatividade dos alunos associada à consciência de que é preciso mudar de atitude urgentemente no sentido de cuidar do planeta. Destacando que pensar na preservação e otimização do uso da água abrem caminhos para melhorar o equilíbrio ambiental e a qualidade de vida das comunidades.

Parágrafo Único O tema será desenvolvido através da confecção de um quadro, tendo como matéria prima os resíduos recicláveis e reaproveitáveis. O quadro deverá ter medida mínima de 35cm X 45cm e máxima de 70cm X 90cm, e precisará estar acompanhado de uma poesia que verse sobre o tema.

II - IDEALIZAÇÃO

Art. 2º O concurso é idealizado pela Seara Indústria e Comércio de Produtos Agropecuários LTDA.

III - OBJETIVOS

Art. 3º O Prêmio tem como objetivos principais:

1 - Estimular os alunos a desenvolverem estudos temáticos de educação ambiental e comunicarem suas ideias sobre o tema, em especial sobre a importância da mudança de atitude para a melhoria da qualidade do nosso planeta, notadamente no que se refere a água;

2 - Incentivar o interesse pela pesquisa científica, leitura e escrita;

3 - Estimular o gosto pela arte nos alunos, através da confecção de um quadro (com resíduos recicláveis e reaproveitáveis) e da elaboração de uma poesia;

4 - Promover a reflexão sobre formas de melhorar o cuidado com a água, as relações entre qualidade das águas, e outros enfoques relacionados ao equilíbrio ambiental do planeta.

IV - ORGANIZAÇÃO

Art.4º A organização do concurso está a cargo da Seara Indústria e Comércio de Produtos Agropecuários LTDA, em parceria com a Rede Massa e as Secretarias Municipais de Educação e Meio Ambiente dos municípios envolvidos.

V - PARTICIPAÇÃO

Art.5º Poderão participar desse concurso todos os alunos regularmente matriculados no 5º ano da Rede Municipal de Ensino, dos municípios de: Arapongas, Assaí, Bela Vista do Paraíso, Cambé, Cornélio Procópio Ibiporã, Jataizinho, Londrina, Marialva, Primeiro de Maio, Rolândia, Santa Mariana, São Sebastião da Amoreira, e Sertanópolis, em equipes de, no máximo, três estudantes, devendo todos cursar o mesmo ano e turma, salvo os alunos da Zona Rural que cursam turmas multisseriadas.

Parágrafo Único Não podem participar aqueles alunos que tenham vínculo familiar, ou seja, orientados por algum dos membros da Comissão Julgadora ou aqueles ligados aos realizadores do concurso por qualquer forma.

Art. 6º Cada equipe poderá se inscrever com apenas um trabalho.

Art. 7º A participação não é obrigatória.

VI - REALIZAÇÃO DOS TRABALHOS

Art. 8º Os trabalhos, compreendendo a confecção de um quadro acompanhado de uma poesia, deverão ser confeccionados nas escolas, sob a coordenação dos professores de Arte, do Meio Ambiente (quando houver) e pedagogos, em horários alternados, a fim de que o andamento das outras atividades não seja prejudicado.

VII - CARACTERÍSTICAS DO TRABALHO

Art. 9º Poesia:

O texto deverá ser redigido de forma manuscrita, em folha de papel almaço pautado, utilizando caneta esferográfica azul ou preta. O pseudônimo (nome fantasia da equipe) deverá ser colocado abaixo do título.

Parágrafo Único As poesias que não atenderem essas exigências serão automaticamente desclassificadas

Art. 10. Trabalho prático (quadro):

O quadro deverá ser confeccionado utilizando como matéria prima resíduos recicláveis e/ou reaproveitáveis

§1º O quadro deverá ter medida mínima de 35cm X 45cm e máxima de 70cm X 90cm, sendo que sua volumetria não deverá passar de 10cm. A base do quadro deverá ser feita em material resistente, assegurando a característica de durabilidade do objeto.

§2º Para a construção do quadro poderão ser utilizados, de forma complementar, materiais como: cola, fita adesiva e outros elementos de fixação necessários ao trabalho.

§3º Os quadros que não atenderem essas exigências serão automaticamente desclassificados

§4º. Os trabalhos serão expostos em lugar adequado e aberto à visitação pública, a ser definido pela Seara.


Art. 11. Portfólio:

Somente os professores ganhadores da finalíssima ( 1º, 2º e 3º lugar) deverão apresentar um Portfólio com a seguinte estrutura:

• Capa contendo o título e o nome fantasia da Equipe orientada

• Sumário

Relato explicitando:

• Como surgiu a ideia

• Como se deu o Planejamento do trabalho

• Desenvolvimento de cada etapa destacando o envolvimento da Equipe

• Considerações Finais apontando os aspectos positivos da experiência vivenciada e aqueles que, porventura, necessitem ser reconsiderados pela Comissão Organizadora.

§1º O texto do Portfólio deverá ser digitado utilizando fonte Arial 12, 1,5 de espaçamento entre as linhas; margens superior e inferior de 2,5 cm; e margens direita e esquerda de 3,0cm.

§2º O Portfólio deverá ser identificado e ser entregue juntamente com o Plano de Aplicação de Recursos.

VIII - ETAPAS DO CONCURSO E COMISSÃO JULGADORA

Art. 12. O concurso acontecerá em duas etapas:

§ 1º A primeira etapa é a fase municipal, em que os trabalhos confeccionados passarão por uma seleção; serão classificados três trabalhos por município. Nos municípios acima de 200.000 habitantes serão selecionados nove trabalhos. A seleção e classificação desta etapa ficarão a critério e responsabilidade exclusiva de cada município participante, sendo que, o município deve escolher jurados que tenham conhecimento nas áreas de Arte, do Meio Ambiente, Pedagogia e Língua Portuguesa.

Parágrafo Único Os Municípios que inscreverem 100% dos alunos matriculados no 5º ano, terão a bonificação de mais um trabalho classificado.

§ 2º A comissão Julgadora do Município deverá julgar os trabalhos no prazo determinado.

§ 3º Os alunos classificados nesta etapa ganharão medalhas de Honra ao Mérito e uma viagem de conhecimento.

§ 4º Os trabalhos selecionados na etapa municipal serão encaminhados à Comissão Organizadora da Seara, que fará uma exposição em local a ser definido. Nesta etapa os trabalhos passarão pelo julgamento da Comissão Julgadora e serão escolhidos os finalistas.

§ 5º É de responsabilidade de cada município fazer o transporte dos trabalhos até o local da exposição.

Art. 13. A segunda etapa é a fase final, será realizada pela Comissão Organizadora da Seara que nomeará a Comissão Julgadora formada por profissionais ligados às áreas de Arte, do Meio Ambiente, Pedagogia e Língua Portuguesa.

IX - PREMIAÇÃO

Art. 14. Serão atribuídos a cada membro da equipe vencedora os seguintes prêmios: 1º LUGAR: 1 Notebook; 2º LUGAR: 1 Tablet 10’’; 3º LUGAR: 1 Tablet 7’’.

Art. 15. O professor da equipe vencedora receberá um prêmio em dinheiro de R$ 12.000,00 (doze mil reais); o professor da equipe que ficar em 2º lugar receberá um prêmio de R$ 4.000,00 (quatro mil reais); o professor da equipe que ficar em 3º lugar receberá um prêmio de R$ 2.000,00 (dois mil reais).

Art. 16. A escola da equipe vencedora receberá um prêmio de R$ 40.000 (Quarenta mil reais); a escola da equipe que ficar em segundo lugar ganhará R$ 5.000,00 (cinco mil reais); e a equipe que ficar em terceiro lugar, a escola ganhará um prêmio de R$ 3.000,00 (três mil reais).

Parágrafo Único Os prêmios para as escolas terão que ser investidos na implantação de projetos pedagógicos que estimulem a consciência ambiental, sendo que a liberação dos recursos estará condicionada à apresentação de um plano de aplicação do recurso e ao portfólio do trabalho.

Art. 17. Todos os inscritos receberão um brinde de participação.

Art. 18. As premiações finais serão entregues pelos organizadores, em sessão solene, na presença da comunidade escolar e de convidados.

X - CRITÉRIOS DE JULGAMENTO

Art. 19. Critérios para avaliação das Poesias (valor 30 pontos):

1. Adequação ao tema- 3 pontos

2. Originalidade – 5 pontos

3. Clareza no desenvolvimento das ideias-5 pontos

4. Criatividade- 5 pontos

5. Correção gramatical- 5 pontos

6. Utilização de recursos estilísticos: métrica, rima, ritmo, riqueza no uso de figuras de linguagens, sobretudo as metáforas- 7 pontos

Art. 20. Critérios para avaliação dos Quadros (valor 70 pontos):

1. Originalidade – 15 pontos;

2. Beleza estética - 15 pontos;

3. Adequação ao tema - 15 pontos;

4. Criatividade - 25 pontos.


XI - INSCRIÇÕES

Art.21. As inscrições serão feitas ONLINE PELO SITE www.premioseara.com.br

§ 1º No momento da entrega dos trabalhos, deverá ser apresentado um envelope lacrado, dentro do qual constará uma ficha com a identificação dos participantes, que serão conhecidos somente após o julgamento.

§ 2º Na parte externa do envelope e no quadro, deverão estar escritos apenas o título do trabalho e o nome fantasia da equipe.

XII - CRONOGRAMA

Inscrições 15/03 a 29/04
Entrega dos Trabalhos e julgamento dos municípios 16/05 a 31/05
Exposição em Londrina 15/06 a 11/07
Viagem Sitio do Carroção 05,06 e 07/07
Julgamento 20/06 a 30/06
Premiação 13/07

Art. 22. A VII Edição do Prêmio Seara, realizada em 2016, terá o seguinte cronograma:

Parágrafo Único. As datas do cronograma são passíveis de alteração, porém os participantes serão comunicados previamente pela comissão organizadora.

Art. 23. Não serão aceitos trabalhos individuais.

Art. 24. O trabalho que for apresentado à comissão com o nome dos participantes será automaticamente desclassificado.

Art. 25. Os trabalhos serão entregues, conforme o cronograma acima, ao Departamento Municipal de Educação de cada município participante.

Art. 26. Os trabalhos selecionados na Etapa Municipal não serão devolvidos aos participantes. Os direitos autorais dos trabalhos finalistas deverão ser cedidos ao organizador. Para tanto, a escola municipal assume a responsabilidade de colher a assinatura dos pais/responsáveis dos alunos em Termo de Anuência e Cessão do Direito Autoral (no modelo que será fornecido pelo organizador) conforme previsto neste regulamento. Com a assinatura do Termo, estará autorizada a divulgação do nome do aluno e publicação do trabalho em quaisquer meios impressos e/ou eletrônicos, bem como o uso da imagem dos participantes. A escola municipal deverá consultar os pais/responsáveis pelos alunos antecipadamente sobre a autorização para participação neste concurso.

Art. 27. Após preenchimento eletrônico da ficha de inscrição, a escola receberá um e-mail (via eletrônica) confirmando sua inscrição no concurso.

Art. 28. Os casos omissos serão resolvidos pelos Julgadores e pela Comissão Organizadora.

Art. 29. Ao homologar a inscrição, os inscritos e responsáveis declaram estar cientes das regras e determinações do presente regulamento, nada tendo a se opor em relação ao mesmo.

FALE CONOSCO

Contato Fotos
envia não enviada

Enviado com sucesso!

Em breve entraremos em contato

×

Houve algum erro!

Por favor, preencha todos os campos

×